A Manvia iniciou em abril a prestação de serviços de manutenção das instalações do Banco de Portugal, nos edifícios Sede e Rossio, situados em Lisboa na Rua do Comércio e na Praça D. Pedro IV, respetivamente.

O contrato com a duração de três anos, tem como objetivo garantir a prestação regular e continuada dos serviços das instalações mecânicas e AVAC, elétricas de correntes fortes e correntes fracas e instalações hidráulicas, rede e Central de Bombagem de Incêndio, rede de distribuição de gás, manutenção de equipamentos de hotelaria e tratamento de águas.

A Manvia vai assegurar intervenções não programadas e eventuais dos chillers/bombas de calor, unidades de climatização, close-control e tratamento de ar (UTAS e UTANS), piso radiante, centrais hidropressoras, portas e portões motorizados.

Estão previstos ainda serviços auxiliares de manutenção, incluindo trabalhos de construção civil, pinturas, serralharia, canalização e carpintaria/marcenaria, desinfestação das instalações, prevenção e controlo de Legionella Pneumophila, limpeza das instalações e manutenção de floreiras interiores.

O Banco de Portugal é responsável pela supervisão comportamental das instituições de crédito, das sociedades financeiras, das instituições de pagamento, das instituições de moeda eletrónica e dos intermediários de crédito.

Este contrato, em paralelo com prestações semelhantes para outras instituições financeiras, consolida a Manvia como uma empresa de referência no mercado do Facility Management.