Notícias

Qualidade, Ambiente e Segurança: como atua a Manvia nas minas de Neves Corvo (Somincor)

By 27 Março, 2020 No Comments

Na Manvia, a saúde e segurança de todos os intervenientes, constituem um vetor estratégico da organização e os diversos ambientes de trabalho onde opera configuram os diferentes perigos e o nível de risco da atividade.

A presença e o acompanhamento regular, pelos técnicos de Qualidade, Ambiente e Segurança, junto das equipas e do Cliente nos locais de prestação de serviços, é fundamental para o desenvolvimento das condições adequadas à prevenção e minimização dos riscos.

Como exemplo da diversidade de contextos que caraterizam a operação da Manvia, destaca-se a presença na SOMINCOR, sociedade mineira que produz maioritariamente concentrados de cobre, zinco e chumbo.

Aqui, com uma equipa de dez lubrificadores residentes, a Manvia assegura serviços de aplicação de lubrificante, na superfície e no fundo de Mina, bem como a manutenção preventiva periódica dos equipamentos, de modo a evitar a sua deterioração prematura e a prolongar o seu tempo de vida útil.

Atendendo às caraterísticas deste tipo de instalação, o acesso ao fundo da mina é precedido de um conjunto de rigorosos procedimentos de segurança, como a indução de segurança, a recolha no posto de controlo de máscara de emergência e lanterna de mineiro, e a colocação de cartão de colaborador no quadro de presença no fundo de mina, de forma a permitir identificar e contabilizar, a qualquer momento, todos os colaboradores presentes no fundo.

A Mina dispõe também de um complexo sistema de ventilação composto por poços de ar fresco, que garantem o arejamento do fundo e permitem a evacuação em caso de emergência.

O acesso é feito com viatura Pick-up 4×4, por rampa a partir da superfície, estendendo-se a mina a uma profundidade de 1000m, ao longo de 200km de túneis no seu interior. Os principais equipamentos objeto de lubrificação têm como ponto central as duas zonas de britagem, que se integram no conjunto de equipamentos da Extração Principal.

Os riscos ocupacionais mais significativos no fundo de mina decorrem da exposição dos colaboradores a poeiras e partículas, a componentes em movimento e ao ruído. Também a queda de objetos, quedas ao mesmo nível devido à irregularidade do solo, a iluminação insuficiente em determinados locais e a circulação de máquinas e veículos no mesmo espaço, constituem fatores de perigo das atividades.

Assim, e como forma de prevenir o risco, no decorrer dos trabalhos de lubrificação é necessário assegurar a consignação de equipamentos, o preenchimento de autorizações de trabalhos e ainda garantir a análise de riscos pré tarefa, reportando sempre ao supervisor da área de trabalho.

Dos meios de apoio à atividade, para além do uso obrigatório de fato de trabalho, máscara de poeiras, óculos de proteção estanques, capacete, luvas proteção química e mecânica, máscara de emergência, lanterna de mineiro e galochas, a viatura de apoio da Manvia é fundamental ao suporte da atividade no fundo de mina, dispondo de sistema 4×4 e encontrando-se devidamente equipada com braço grua para auxiliar nas manobras de movimentação de cargas, bacia de retenção, luzes sinalizadoras no tejadilho, e um conjunto de dois arneses.

Esta é uma atividade de manutenção muito específica, desenvolvida num ambiente único e que no contexto atual de pandemia do COVID-19, o trabalho que os técnicos desenvolvem no terreno desempenha um papel crucial para garantir os compromissos perante o Cliente e assegurar a Cadeia de Valor.

Nesse sentido, e respeitando as normas de segurança recomendadas, foram alterados os horários de funcionamento e a equipa passou a trabalhar em dois turnos, um primeiro das 06h às 14h e o segundo turno das 14h às 22h, de forma a evitar o contacto. Para além disso, por pertencer ao grupo de risco, um colega encontra-se em casa.

#ManviaON